Mimada

© Luanda M.S. Cabral
        
                Uma parte de mim duela em fazer aquilo que me é direito, porém não me cabe. A outra quer sossego, calar ao sentir. A outra pernea feito menina moça quando o doce ao chão se vái. Esta que eu sigo encerra a leitura, tira os óculos frente a pele, respira fundo e diz: "Sou muito mais além do ar que respiro." Então aquela que outrora demasiadamente descabelara encontrava-se num canto, joelhos próximo ao peito, e braços cruzados rente a face, bicuda. Até que chegara! Olhou para frente e viu um par de pernas, pés descalços, vestes simples...viu uma mão estendida e no olhar um pedido. Protamente sentou em seu colo e se pôs a chorar. Por um longo tempo só se ouvía soluços, e depois um silêncio. Dormiu, a paz se manteve ali por toda estação.
(Luanda M.S. Cabral)



6 Sonhadores:

Lidi disse...

conviver com a gente e nossas vontades não é fácil!
Mas acho que chorar sempre é válido Lu! aliviaaa!
Beijos

Juuh Nascimento disse...

'Uma parte de mim duela em fazer aquilo que me é direito, porém não me cabe. A outra quer socego, calar ao sentir. A outra pernea feito menina moça quando o doce ao chão se vái. '

Lindo texto Lu!
Tenho vivido esse duelo.

Tenha uma linda tarde minha querida!
Bjs & abraços!

FrAgMEntOs disse...

sossego ou socego....o texto ficou lindo...

Juuh Nascimento disse...

Ah minha querida obrigada pelo carinho.
Que bom que gostas! :)

Ja dizia Clarice: 'Nem sempre é necessário tornar-se forte. Temos que respirar nossas fraquezas.'

Linda noite pra ti!
Bjs & abraços!

♥Ela...NSNL♥ disse...

oie coisaaaaaaaaaaaaaaa mais linda da pri... olha acabei de coloca seu blog em destaque no meu.. afinal vc merece!!!
Adoro mto viu!
cuide-se

Lidi disse...

Obrigada Lú!!!

Sonhe também...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Sonhos de Menina ... Template by Ipietoon Blogger Template | Gadget Review