Veredas

© Luanda M.S. Cabral

Longíquas são minhas veredas,
Periclitantes caminhos tortos,
O qual incólume eu saio por tu estares o tempo todo ao meu lado,
Miro a frente, tenho cada vez mais a certeza que tu és o Caminho.

Tu me dás o livramento que necessito,
A passos largos e excitante corro em direção a ti,
Tua luz é tão forte, teu poder é tão grande,
Que o que eu almejo se torna distante, mais eu não me dou por cansada e não vou desistir.

Minhas veredas, se tornam desafios para com teu amor,
Aguardo o momento certo,
Não me queixo, deixo-me em teus braços,
Entrego-me a ti, para que leve-me aonde tu queres que eu vá.

Fecho os olhos, acalmo meu coração,
Confio nas tuas promessas.
Sonhos, eu os possuo, porém os teus são bem maiores que os meus,
São melhores então e prefiro esperar pelos teus.

Enquanto, em minhas veredas contigo eu vou.

(Luanda Melo dos Santos)

0 Sonhadores:

Sonhe também...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Sonhos de Menina ... Template by Ipietoon Blogger Template | Gadget Review