Meu Primeiro AMor

© Luanda M.S. Cabral
 
Meu primeiro amor tem cheiro de flor,
Puro a brotar como rosa no jardim, do primeiro beijo que destes a mim
Selou-me minha boca o mel deliciando um pouco minha vida
Que na angústia, calada vivia, pobre de mim, menina sofrida.

Meu primeiro amor, tem razão de ser, aquele sentimento dado, fingíamos que seria pra sempre,
E junto sonhávamos que era pra valer, sentimento por alguns ainda inalcançado
Juramos amor eterno, um ao outro, sem entender que para isto devíamos além de amar, caminhar junto com o sofrer.

Meu primeiro amor, a inocência perdida no calor de nossas vontades,
A sede pelos corpos, no entregar das almas perdidas,
A descoberta do prazer, sem ao  menos saber o que aquilo queria dizer.
Sinceridade dos atos, das palavras ao vento, no entanto aqueles foram os momentos inesquecíveis de nossas vidas.

Meu primeiro amor, que por ventura jamais perderei
E carrego junto ao peito a saudade, que esquenta o vazio 
Que aqui jas tranquilo e aceito, que não éramos um para o outro feito,
Mas seremos eternos companheiros e cúmplices das descobertas do primeiro amor e primeiro beijo

Selados pela entrega dos corpos no ápice de nossos desejos.

(Luanda Melo dos Santos)


0 Sonhadores:

Sonhe também...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Sonhos de Menina ... Template by Ipietoon Blogger Template | Gadget Review