Insanidade

© Luanda M.S. Cabral
Á beira da insanidade o ser humano cruza a avenida das emoções, não olha para os lados
Na cabeça, pensamentos funestos
Cravado no coração a ânsia
Combatendo corpo a corpo
No seu corpo tatuando o esforço de viver
Pôr diante de seus olhos a face retorcida
A boca estrugindo um dissimulado “Bom dia”.

Vida, vida, ó medonha vida
Aos redores todos correm
Pessoas parecem girar em torno de si
Artilharia põe-se a sua frente

Buuuuuuuuuuuuuuuuum!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

A razão caminha apressadamente
E a insensatez achega-se de mancinho
Se torna alienável ao mundo
Se tomam coca-cola e vestem o que está na moda
Assistem novelas e seriados
Conectam-se no Orkut e MSN

Quando a noite chega o ensaio acaba
E todos podem descansar
Funesta é a hora de dormir,
E ao acordar o ressuscitar de um novo dia imprecado de males.

(Lú Mel)

0 Sonhadores:

Sonhe também...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Sonhos de Menina ... Template by Ipietoon Blogger Template | Gadget Review