Sem passos

© Luanda M.S. Cabral
Durante um tempo, em que me vi criança, eu pensava que se pulasse e caisse, poderia levantar e só apenas os meus machucados limpar
Quando mais jovem, entendi que já podia fazer-me cair como deixar outros cairem, e ou podendo ajudar, o seu machucado sarar ou doer ainda mais
Hoje, que me vejo assim não sei o que realmente eu aprendi, estou como mula com tampões
Que só vê o que tem a frente, sem observar o que rola pelo ar
Até quando eu não sei, o que busco a encontar
Desistir não irei, mais tmbm não vou continuarSer insistente não me faz, sentir a vida tão feliz, mais me sinto bem fulgás quando não tenho o que anteriormente eu quis.
(Lua Melo)

0 Sonhadores:

Sonhe também...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Sonhos de Menina ... Template by Ipietoon Blogger Template | Gadget Review