© Luanda M.S. Cabral





Quando a chuva vem ela traz consigo o vento

Dentro as trovoadas a acompanham em uma dança a passos finos

Estão todos distraídos, ninguém percebe o temporal que se forma

As trovoadas ensurdecem, a chuva cega e o vento desequilibra

E quando se deixar molhar ela a convida para essa dança

Enquanto não cessa a banda

A água invade e sái arrastando tudo que outra foi construído

E quando o temporal acaba

Só restam vestígios do baile da chuva, dos passos do vento, do bumbo dos trovões

E fica em estático ressentimento de que virão outras chuvas virão.

(Lua Mel)

0 Sonhadores:

Sonhe também...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Sonhos de Menina ... Template by Ipietoon Blogger Template | Gadget Review